Publicações

Todos os projetos desenvolvidos pelo FAE obedecem à metodologia seguinte:

  • Equipa de investigação, constituída pelos académicos encarregados do desenvolvimento do projeto
  • Conselho científico, constituído por académicos associados do FAE
  • Steering committee, constituído por membros da Direção do FAE e outras personalidades do meio empresarial, destinado a fazer a ligação entre o conselho científico, a equipa de investigação e o painel do Forum (constituído por representantes dos patrocinadores, personalidades conhecidas ligadas à problemática em discussão e aberto à participação de todos os associados).

Obedecendo à descrita metodologia foram até à data desenvolvidos os seguintes projetos, cujos resultados foram publicados:

Empresas Parlamento – As propostas dos líderes para uma sociedade mais próspera (Maio 2011)

O Fórum de Administradores de Empresas (FAE), lançou no dia 19 de Maio de 2011 o livro «Empresas Parlamento – As propostas dos líderes para uma sociedade mais próspera» que reúne as principais conclusões do Programa Empresas Parlamento (PEP).

O PEP foi uma iniciativa do FAE levada a cabo em Portugal durante 2009/2011, à semelhança do que aconteceu noutros países da Europa, tendo como principais objetivos:

  • Promover a aproximação entre as empresas e o Parlamento, no sentido de aperfeiçoar o processo legislativo, em especial na fase de identificação de áreas críticas para a melhoria das condições económicas em setores chave para a economia nacional.
  • Conhecimento concreto dos fatores que podem limitar a implementação das medidas tendentes a optimizar o funcionamento dos setores supra referidos, quer na vertente legal (com base na experiência dos deputados) quer na vertente do dia-a-dia das empresas (com base na experiência dos gestores ou empresários).

Neste contexto foram seleccionados 8 sectores de actividade considerados chave com base em critérios de importância no PIB, inclusão em clusters de aposta nacional, aspectos conjunturais que constituam desafios para o respectivo desenvolvimento.

Foram convidados para analisar cada sector um deputado e um gestor ou empresário com actividade profissional e experiência aprofundada de trabalho na indústria correspondente. Os sectores que foram objecto de análise e respectivos grupos de trabalho em 2009 e 2010, foram a Banca – Vitalino Canas (PS) e António Domingues (BPI); Energia, Ambiente e Ordenamento do Território – Rui Gomes da Silva (PSD) e Nuno Ribeiro da Silva (Endesa); Fiscalidade – Jorge Neto (PSD) e Diogo Leite Campos (Fiscalista); Relações Laborais – Ramos Preto (PS) e Carlos Moreira da Silva (B.A.); Saúde – João Semedo (BE), Maria Antónia Almeida Santos (PS) e Germano de Sousa (Presidente da ANL); Tecnologias de Informação – João Rebelo (CDS/PP) e Frederico Moreira Rato (Reditus); Telecomunicações – José Lamego (PS) e Luís Reis (Apritel);Turismo – Almeida Henriques (PSD) e Jorge Rebelo de Almeida (Vila Galé).

Esta obra constitui uma importante reflexão sobre a sociedade portuguesa, e é um contributo valioso para o desenvolvimento de uma economia mais próspera e estruturada em Portugal.

Portugal: Missão Crescimento

O Fórum de Administradores de Empresas, a Ordem dos Economistas, a Ordem dos Engenheiros e o Projecto Farol lançaram no dia 13 de Julho de 2011 o projeto «Portugal: Missão Crescimento – Uma década para mudar», uma iniciativa que pretende estimular a iniciativa privada do país a retomar a via do crescimento, criando vários cenários de desenvolvimento e competitividade que tornem mais fácil esse caminho e que contribua para a regeneração e revitalização da economia nacional.

Esta iniciativa, que parte da Sociedade Civil, reunindo economistas, engenheiros e gestores nacionais, pretende desenvolver e concretizar ideias apresentando propostas para o desenvolvimento e crescimento do país, para além da execução dos compromissos assumidos no Memorando de entendimento da Troika.

O projeto «Portugal: Missão Crescimento» irá criar um memorando de crescimento, com metas detalhadas, de forma a contribuir para o desenvolvimento de propostas objetivas, que irão considerar o papel de diferentes agentes (tais como empresas, colaboradores, Estado e instituições públicas e privadas), e para a criação de novos recursos nacionais ou num melhor aproveitamento dos já existentes.

Para a execução do memorando, o projeto «Portugal: Missão Crescimento» irá intervir nas seguintes dimensões:
Financiamento à Economia;

  • Flexibilização dos mercados e recursos;
  • Concorrência;
  • Inovação e Economia do Conhecimento;
  • Articulação público/privada (nos incentivos e evitando a captura do publico pelo privado e vice-versa);
  • Licenciamento/Burocracia;
  • Outros fatores críticos para o crescimento.

Trimestralmente será analisada a execução e concretização das medidas previstas no Memorando para os diferentes cenários de crescimento, através do Observatório de Crescimento, criado para o efeito.

Durante o mês de Outubro, as propostas apresentadas para o crescimento de Portugal no Memorando serão alvo, de diversos debates, internos entre as instituições promotoras da iniciativa, na qualidade de instituições representativas de profissionais empenhados no crescimento nas suas empresas e país e de workshops para abrir o debate público à apresentação, validação e agregação de novas ideias a acrescentar ao memorando.

Prevendo-se, após este debate, a publicação do Memorando do Crescimento até o final do ano de 2011.

Com o desenvolvimento do projeto «Portugal: Missão Crescimento – Uma década para mudar» o Fórum de Administradores de Empresas, a Ordem dos Economistas, a Ordem dos Engenheiros e o Projecto Farol esperam, em conjunto, poder contribuir com uma estratégia sustentada sobre os cenários e modelos de crescimento para Portugal e que a mesma envolva o maior número de agentes e seja assumida pela sociedade nos seus vetores culturais, sociais e económicos.

O Desenvolvimento Económico em Portugal

Sérgio Rebelo e João César das Neves (2001)

A Reforma dos Sistemas de Segurança Social em Portugal – Uma Análise Dinâmica de Equilíbrio Geral

Alfredo Marvão Pereira (1999)

Estratégias de Reforma do Estado Providência – Saúde e Pensões de Reforma

Miguel Gouveia e Alfredo Marvão Pereira (1997)

Os Desafios da União Europeia

José A. Ferreira Machado, Manuel Victor Martins e Muradali V. Ibrahimo, José Amado da Silva e Alberto Costa (1997)

A Ética nas Empresas Portuguesas

Michel Renaud, João Evangelista, V. Xavier Pintado, Luís Brito Correia, Germano Marques da Silva e José Amado da Silva (1997)

Portugal XXI – Cenários de Desenvolvimento

Augusto Mateus (Coordenador), J. M. Brandão de Brito e Victor Martins (1995)

O Fórum de Administradores de Empresas (FAE), lançou no dia 19 de Maio o livro “Empresas Parlamento – As propostas dos líderes para uma sociedade mais próspera” que reúne as principais conclusões do Programa Empresas Parlamento (PEP).

Posted in Publicações.

Deixe uma resposta